Inovação e Tecnologia

Bruxelas quer acabar com o ‘roaming’ já em 2014

A Comissão Europeia pretende por fim ao 'roaming' - os custos do uso do telemóvel fora dos territórios nacionais - entre os Estados-membros da União já em 2014 e está a preparar legislação nesse sentido.
Versão para impressão
A Comissão Europeia pretende por fim ao 'roaming' – os custos acrescidos do uso do telemóvel fora dos territórios nacionais – entre os Estados-membros da União já em 2014. De acordo com um anúncio feito esta quinta-feira pela comissária europeia para a Tecnologia, Neelie Kroes, o organismo encontra-se a preparar legislação sobre este tema. 
 
Durante um discurso no Parlamento Europeu, Kroes revelou que, o mais tardar até ao início de Setembro, será apresentada uma proposta que visa acabar com os custos de itinerância da utilização de telemóveis, bem como assegurar o livre acesso à Internet para todos os cidadãos europeus. 
 
“Quero que possam dizer aos vossos eleitores que contribuíram para acabar com os custos de itinerância”, afirmou a comissária, citada pela Associated Press, referindo-se às próximas eleições europeias marcadas para Maio do ano que vem. 
 
Neelie Kroes acrescentou que a abolição das tarifas de 'roaming' será mais um passo no sentido de conseguir um verdadeiro mercado único dentro da Europa, que permita aos cidadãos e às empresas poupar o máximo de dinheiro possível.
 
De realçar que, já em Julho deste ano, os preços do 'roaming' vão voltar a baixar: o preço das chamadas efetuadas cairá para os 24 cêntimos (contra os 29 atuais) e o das recebidas para os sete (menos um cêntimo do que os oito estabelecidos pelas tarifas em vigor). No primeiro dia daquele mês, o serviço de dados baixará também de 70 para 40 cêntimos.

Notícia sugerida por António Resende

Comentários

comentários

Pub

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório

Pub