Mundo

Britânico vence prémio de sustentabilidade

Tristam Stuart, um ativista e escritor britânico que luta contra o desperdício de comida, foi distinguido com o The Sophie Prize norueguês, para o desenvolvimento sustentável, criado pelo autor norueguês do romance "O mundo de Sofia".
Versão para impressão
[Fotografia: © Martin Bowman/www.feeding5k.org]

Tristam Stuart, um ativista e escritor britânico que luta contra o desperdício de comida, foi distinguido com o The Sophie Prize norueguês, para o desenvolvimento sustentável, criado pelo autor norueguês do romance “O mundo de Sofia”.

O britânico tem ajudado instituições de caridade, governos, empresas e outras instituições a implementar medidas para reduzir o desperdício alimentar.

Em Dezembro de 2009, de acordo com comunicado oficial do The Sophie Prize, Stuart organizou o “Feeding 5000”, em Trafalgar Square, em Londres, onde cozinhou juntamente com outros voluntários para mais de cinco mil pessoas com recurso a ingredientes que eram destinados a ser deitados fora.

É também autor do livro “Waste: Uncovering the Global Food Scandal”, publicado pela Penguin em 2009. No livro, Stuart, 33 anos, denunciou a imoralidade de deitar fora grandes quantidades de alimentos, quando mil milhões de pessoas sofrem de malnutrição.

Em cooperação com o jornal “The Guardian”, o ativista lançou um projeto intitulado “‘Food Waste Watchdog”, onde os leitores eram encorajados a tirar fotografias de alimentos que são deitados fora e a reuni-las num site.

No ano passado, Stuart co-fundou o “A Taste of Freedom”, um sistema de reciclagem onde a fruta e vegetais que iriam para o lixo passam a ser transformados em sumos ou gelados.

“Tristram Stuart recebe o Prémio Sofia 2011 pelos seus contributos inovadores, enérgicos, cheios de humor e altruísmo, para que tomemos consciência de um dos maiores escândalos ambientais e morais: o desperdício de alimentos”, justifica a Fundação.

O The Sophie Prize foi fundado em 1997 pelo escritor norueguês Jostein Gaarder e pela mulher. O “Prémio Sofia”, em português, atribui cem mil dólares (70,2 mil euros) como prémio. A cerimónia de entrega do galardão está marcada para 22 de junho.

Saiba mais no site oficial da Fundação em www.sofieprisen.no/.

Comentários

comentários

Pub

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório

Pub