Ambiente

Brasileiro refloresta sozinho parte da Mata Atlântica

Um professor brasileiro está a reflorestar sozinho uma parte da Mata Atlântica, conjunto de florestas que ocupa grande parte do território do Brasil, do Paraguai e da Argentina.
Versão para impressão
Um professor brasileiro está a reflorestar sozinho uma parte da Mata Atlântica,  conjunto de florestas que ocupa grande parte do território do Brasil, do Paraguai e da Argentina. Em seis anos, Rodolfo Souza plantou cerca de 100 árvores na zona norte do Rio de Janeiro. 
 
Todos os dias, antes de se dirigir para o colégio onde dá aulas de geografia, o docente sobe por um caminho próximo de casa munido de várias garrafas com cerca de 20 litros de água e vai regar as raízes das árvores ou protegê-las com inseticida em caso de necessidade.
 
“Gosto de fazer isto. Desde pequeno que planto árvores. O início do projeto foi difícil porque não sabia lidar com as formigas e plantava debaixo de outras árvores, o que não trazia bons resultados. Depois aprendi que precisava de plantar debaixo do sol e elas começaram a desenvolver-se”, contou Rodolfo Souza, citado pela Agência Brasil. 
 
Atualmente, das árvores que plantou – todas de espécies nativas brasileiras -, algumas ainda não ultrapassaram os 50 centímetros mas outras chegam já aos quatro metros de altura. Porém, e embora consiga dar conta do trabalho, o professor alerta que “o poder público tem de fazer mais”. 
 
De acordo com Rodolfo Souza, que não desiste dos seus esforços, as verdadeiras possibilidades de recuperar a vegetação estão nas mãos dos responsáveis do Rio de Janeiro e têm de ser “uma prioridade”, em especial nas regiões mais secas e com menos espaços verdes. 
 
Clique AQUI para descobrir mais sobre este projeto. 

[Notícia sugerida por Vítor Fernandes]

Comentários

comentários

Pub

Aid Global

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório

Pub