Sociedade

Bragança: Idosa deixa fortuna aos bombeiros

Os Bombeiros Voluntários de Freixo de Espada à Cinta herdaram, de uma benemérita, várias propriedades rurais, incluindo um terreno de 53 hectares com amendoais, vinhas e sobreiros. Com a rentabilização deste valioso património, a corporação poderá co
Versão para impressão
[Fotografia: © Manuel Teles / Lusa]
Os Bombeiros Voluntários de Freixo de Espada à Cinta herdaram, de uma benemérita, várias propriedades rurais, incluindo um terreno de 53 hectares com amendoais, vinhas e sobreiros. Com a rentabilização deste valioso património, a corporação poderá contar com uma situação económica mais confortável.

Solteira e sem descendentes, a menina Veneranda decidiu deixar grande parte da sua fortuna aos bombeiros há cerca de um ano. Além das propriedades rurais, a idosa legou ainda uma vivenda em Cascais e uma casa na aldeia de Ligares, de onde era natural, que deve ser transformada em museu.

A agricultura é agora outra das ocupações da corporação de Freixo de Espada à Cinta. Para facilitar o trabalho, foi construído “um armazém de apoio às atividades da quinta”, que foi conseguido “com material reciclado e aproveitamento de restos de obras, inclusive do próprio quartel, e com o apoio de muitos empreiteiros”, explica o comandante António Sá Lopes, em declarações à RTP.

Os bombeiros planeiam também construir uma unidade de formação na própria quinta, aproveitando as condições daqueles terrenos para desenvolver ações de Todo-o-Terreno e de desencarceramento.

Comentários

comentários

Etiquetas

Pub

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório

Pub