Mundo

BP: Lisnave adaptou navio para recolher petróleo

O petroleiro "A Whale" de 319 mil toneladas foi adaptado nos estaleiros da Lisnave para participar nas operações de recolha de crude derramado no Golfo do México depois da explosão da plataforma "Deepwater Horizon" da BP há quase dois meses.
Versão para impressão
O petroleiro “A Whale” de 319 mil toneladas foi adaptado nos estaleiros da Lisnave para participar nas operações de recolha de crude derramado no Golfo do México depois da explosão da plataforma “Deepwater Horizon” da BP há quase dois meses.

Segundo o diretor de Gestão de projetos da Lisnave, Arménio Monteiro, procederam a algumas “aberturas no costado do navio, que com a ajuda de um sistema de válvulas, deverão permitir a recolha de óleo” que foi derramado no Golfo do México.

“A primeira fase da reparação está concluída, mas poderão ser feitas mais algumas alterações que, entretanto, foram solicitadas pelo armador”, acrescentou à Lusa responsável da Lisnave.

Essas mesmas reparações poderão ser feitas a bordo do próprio “A Whale”, pertencente ao armador “A Whale Corporation” que já está a fazer testes ao largo da costa portuguesa.

A Lisnave pode vir a efetuar a adaptação de mais dois navios de grandes dimensões caso as alterações feitas no “A Whale” tenham sido eficazes nas operações de limpeza .

[Notícia sugerida pela utilizadora Raquel Baêta]

Comentários

comentários

BN TV

O Boas Notícias está de volta!

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório