Saúde

Botox: Farmacêutica reduz testes animais em 95%

NULL
Versão para impressão
A farmacêutica Allergan recebeu aprovação, esta semana, da Food and Drug Administration (FDA), dos EUA, para fazer testar o botox cosmético em células in-vitro. A companhia estima que, assim, os testes em animais serão reduzidos em cerca de 95 por cento nos próximos três anos.

A FDA (que valida os métodos utilizados nos testes de produtos farmacêuticos) autorizou a Allergan a efetuar os primeiros testes através de um sistema de células in-vitro desenvolvido pela própria empresa.

Esta medida vai contribuir para uma drástica redução destes testes em animais de laboratório, segundo comunicado da empresa. A Allergan estima que os ensaios através de células in-vitro vai reduzir os testes em animais em cerca de 95 por cento nos próximos três anos.

Este novo método é o primeiro a ser desenvolvido e aprovado para a neurotoxina botulinum (Botox) disponível no mercado e será aplicado em todos os produtos derivados de Botox produzidos por este gigante farmacêutico, podendo vir a ser usado por outras farmacêuticas.

Ativistas aplaudem decisão

Depois de várias campanhas contra o uso de animais nos testes do botox, organizações como a British Union of Abolition of Vivisection (BUAV) e a European Coalition to End Animal Experiments (ECEAE) aplaudem o anúncio da Allergan.

“Estamos muito satisfeitos com este último desenvolvimento é totalmente inaceitável que os animais continuem a pagar pela nossa vaidade, a sofrer numa morte anunciada nestes testes horríveis”, sublinhou Michelle Thew, chefe executiva da BUAV, em declarações ao site care2.

Uma recente investigação da BUAV aponta para a utilização de 74.000 ratos nos testes em laboratório para ensaios do produto. A organização vai continuar a pressionar outras empresas a adotarem métodos alternativos que não passem pela utilização de animais, como por exemplo a Ipsen e a Merz-Pharma.

Clique AQUI para aceder ao Allergan.

[Noticia sugerida por Manuela Gonzaga]

Comentários

comentários

BN TV

O Boas Notícias está de volta!

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório