Cultura

Bordallo Pinheiro convida artistas brasileiros

NULL
Versão para impressão
A obra de Bordallo Pinheiro vai ser o foco de inspiração da 16 artistas brasileiros que vêm a Portugal, a convite da Fábrica de Faianças, criar peças artísticas. As obras serão expostas em São Paulo e em Lisboa, em 2012, na sequência do processo de internacionalização da fábrica portuguesa no Brasil.

“16 BB — Bordallianos do Brasil” é o título da iniciativa promovida pela fábrica das Caldas da Rainha, fundada há 125 anos por Bordallo Pinheiro. Serão criadas 16 peças originais limitadas a 250 exemplares, que serão distribuídos equitativamente pelo mercado português e pelo mercado brasileiro, conta o comunicado enviado ao Boas Notícias.

Além deste projeto, a importante fábrica de faianças portuguesa vai ter outras estratégias que visem a internacionalização para o país em que Bordallo Pinheiro também viveu.

A ligação do artista àquele país ficou reconhecida graças à “Jarra Beethoven”, uma peça com 2,60 metros de altura, que ele ofereceu à Presidência da República do Brasil, em 1899.

“O futuro da Bordallo Pinheiro passa, inquestionavelmente, por parcerias internacionais com artistas plásticos e diálogos com outras culturas. Queremos levar a Bordallo Pinheiro a todo o mundo, enriquecendo ainda mais a sua história e o seu legado artístico”, explica Nuno Barra, Diretor de Marketing da Bordallo Pinheiro, em comunicado.

Cada um dos 16 artistas brasileiros vai ficar dez dias em Portugal, em visita à fábrica, para adquirir conhecimentos, técnicas e inspiração sobre a obra de Bordallo Pinheiro. As áreas de atuação dos convidados vão desde a escultura, à moda, passando pela pintura e e estilismo.

O pintor Caetano Almeida vai ser o primeiro artista a chegar em Portugal. Além dele vão estar no país: Saint Clair Cemin (escultura), Barrão (pintura, escultura, multimédia), Caetano de Almeida (pintura), Tunga (escultura e desenho), Regina Silveira (vídeo-arte), Efrain de Almeida (escultura), Fábio Carvalho (pintura), Frida Baranek (escultura), Marcos Chaves (fotografia e vídeo), Sérgio Romagnolo (pintura, escultura), Tonico Auad (desenho, instalação e fotografia), Tiago Carneiro da Cunha (pintura e escultura), Erika Versutti (escultura), Estela Sokol (pintura) e as estilistas Isabel Capeto e Martha Medeiros, informa o comunicado.

A fábrica Boldallo Pinheiro passou por um período conturbado há dois anos, altura em que foi adquirida pela Visabeira Indústria. Em março, expôs no Museu do Design e da Moda, em Lisboa, peças criadas por artistas portugueses contemporâneos, numa iniciativa semelhante.

[Notícia sugerida por Patricia Guedes]  

Comentários

comentários

BN TV

O Boas Notícias está de volta!

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório