Inovação e Tecnologia

Bicicleta inovadora pode ser ‘pedalada’ com as mãos

Um designer e ciclista alemão criou a primeira bicicleta do mundo que pode ser pedalada, não só com os pés, mas também com as mãos. A Varibike parece uma bicicleta normal, mas conta com um par de pedais a mais, junto ao guiador.
Versão para impressão
Um designer e ciclista alemão criou a primeira bicicleta do mundo que pode ser pedalada, não só com os pés, mas também com as mãos. A Varibike parece uma bicicleta normal, mas conta com um par de pedais a mais, junto ao guiador, que o desportista pode usar em alternativa ou ao mesmo tempo que os dos pés.
 
Martin Kraiss, de 43 anos, é o rosto por detrás desta criação que está a despertar curiosidade entre as comunidades de ciclistas. Com 15 quilos em alumínio e um custo de 4.700 euros, a Varibike permite que o praticante use os braços e as pernas para andar de bicicleta, tornando-a 31% mais rápida do que as outras. 
 
A ideia surgiu depois de Kraiss se aperceber que a parte superior do corpo permanece estática sempre que andamos nas bicicletas tradicionais. Por forma a exercitar essa zona, desenvolveu um veículo em duas rodas que permitisse exercitar todo o corpo.  


“O objetivo era criar uma bicicleta que, para além de ser conduzida com o corpo todo, fosse mais rápida do que uma bicicleta convencional”, conta o designer, citado pelo Daily Mail. “No caso da Varibike, como tem mais 30% de energia a movê-la, torna subidas muito mais fáceis. Além disso, as distâncias longas também se tornam mais simples, uma vez que tanto se pode usar os braços e as pernas, variando a intensidade”. 
 
Esta inovadora bicicleta está disponível num único tamanho em branco, preto e dourado. Por haver mais movimento, a produção de energia contínua é maior e, por isso, o exercício físico torna-se mais eficaz, mas Kraiss garante que a Varibike não foi concebida exclusivamente para os desportistas profissionais. 

“É muito divertido mexer todos os membros do corpo ao mesmo tempo. É uma sensação incrível!”, afirma. Por isso mesmo, o designer desenvolveu ainda uma versão estática da Varibike para interiores, acompanhada de uma tecnologia de inclinação que permite ao ciclista mover-se para a esquerda e para a direita, tal como nos percursos ao ar livre. Esta última tem um custo de 1.800 euros. 

Saiba mais sobre esta bicicleta inovadora AQUI.

Notícia sugerida por Maria da Luz

Comentários

comentários

Pub

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório

Pub