Cultura

Biblioteca Joanina entre as mais requintadas do mundo

A CNN não tem dúvidas: a Biblioteca Joanina de Coimbra está entre as mais requintadas do mundo. Tendo por base o livro "The Library: A World History", a rede norte-americana divulgou um artigo onde seleciona as 17 bibliotecas mais impressionantes.
Versão para impressão
A CNN não tem dúvidas: a Biblioteca Joanina de Coimbra está entre as mais requintadas do mundo. Tendo por base o livro "The Library: A World History", a rede norte-americana divulgou um artigo onde seleciona as 17 bibliotecas mais impressionantes.

O artigo da CNN salienta que as "bibliotecas são uma cápsula que preserva a história da cultura e são monumentos que representam determinada época, arquitetura, design e arte".

James Campbell, da Universidade Cambridge (Reino Unido), lançou em 2013, em parceria com o fotógrafo Will Pryce, um livro sobre bibliotecas onde reúne as bibliotecas que considera mais fundamentais.  Portugal está duplamente representado, no livro, com a Biblioteca Joanina e a Bibliotica de Mafra. 

Contudo, a lista da CNN, que seleciona as 17 bibliotecas mais impressionantes de todas as que surgem na obra de Campbell, dá apenas destaque à Biblioteca Joanina.

"Esta é uma biblioteca imponente que vem de um tempo em que Portugal era um país extremamente rico e poderoso. É um espaço muito sombrio mas que possui detalhes delicados em folha de ouro que lhe dão uma luminosidade mágica", diz o fotógrado Will Price, que legendou as fotos do texto. 

Construída entre os anos de 1717 e 1728, a Biblioteca Joanina é um dos expoentes  do Barroco Português e uma das mais ricas bibliotecas europeias.

O espaço recebeu o nome de Biblioteca Joanina em honra e memória do Rei D. João V (1707-1750), que patrocinou a sua construção e cujo retrato, da autoria de Domenico Duprà (1725), domina categoricamente o espaço.

Comentários

comentários

Etiquetas

Pub

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório

Pub