Cultura

Biblioteca do Vaticano reabre três anos depois

A Biblioteca Apostólica Vaticana vai reabrir no próximo dia 20 de setembro depois de ter estado encerrada durante três anos para trabalhos de restauração e instalação de novas medidas de segurança para proteger o extenso património literário que remo
Versão para impressão
A Biblioteca Apostólica Vaticana vai reabrir no próximo dia 20 de setembro depois de ter estado encerrada durante três anos para trabalhos de restauração e instalação de novas medidas de segurança para proteger o extenso património literário que remonta ao século III.

Os arquivos da Biblioteca Vaticana contêm 150 mil manuscritos e 1 milhão de livros, dos quais 8,4 mil são dos primórdios do século XVI, e quase 300 mil moedas e medalhas distribuídas em diferentes salas.

Além de mudar o piso de algumas das salas e de incorporar dois novos elevadores, um novo sistema de climatização e controle da humidade permitirá melhorar a conservação dos documentos, muitos dos quais exigem cuidados especiais devido à antiguidade.

O Vaticano investiu 25 milhões de euros, financiados em parte pela própria biblioteca com ajuda de patrocinadores italianos e internacionais.

Para ter acesso à biblioteca é preciso ser um especialista em publicações, professor universitário ou estudioso que prepara um doutorado.

O próximo desafio é digitalizar os documentos. Calcula-se que serão necessários dez anos para realizar esta tarefa, de acordo com a AFP.

Comentários

comentários

BN TV

O Boas Notícias está de volta!

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório