Espetáculos e Exposições

Beyoncé domina Grammys 2010

A 52ª edição da cerimónia de entrega dos prémios mais importantes da cena musical foi marcada por recordes. Beyoncé ganhou o maior número de prémios alguma vez conseguido por uma artista feminina numa só edição, arrecadando seis estatuetas e Taylor S
Versão para impressão
A 52ª edição da cerimónia de entrega dos prémios mais importantes da cena musical foi marcada por recordes. Beyoncé ganhou o maior número de prémios alguma vez conseguido por uma artista feminina numa só edição, arrecadando seis estatuetas e Taylor Swift tornou-se na mais jovem artista a ganhar na categoria de Melhor Álbum do Ano.

Beyoncé dominou nas categorias de Melhor Álbum R&B (“I Am… Sasha Fierce”), Canção do Ano (“Single Ladies – Put a Ring On It”), Melhor Canção R&B (“Halo”), Melhor Performance Vocal Pop e R&B e Melhor Interpretação de uma Canção Tradicional de R&B (“At Last”). Porém, foi Taylor Swift que, com apenas 20 anos, arrecadou o prémio de Melhor Álbum do Ano, com “Fearless”.

A nova sensação da música country-pop levou mais três estatuetas para casa: Melhor Álbum Country, Melhor Canção Country (“White Horse”) e Melhor Performance Vocal Country.

Nas restantes categorias, venceram ainda os britânicos Kings of Leon (Melhor Single do Ano – “Use Somebody”), Lady Gaga (Melhor Álbum e Hit de Dança – “The Fame” e “Poker Face”, respetivamente) e os Green Day (Melhor Álbum Rock).

A pianista Maria João Pires, nomeada na categoria de Melhor Interpretação a Solo de Música Clássica, não conseguiu levar um Grammy para casa. O prémio foi entregue a Sharon Isbin pela sua interpretação do álbum “Journey To The New World” de Joan Baez e Mark O’Connor.

Comentários

comentários

BN TV

O Boas Notícias está de volta!

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório