Sociedade

Barreiro: autocarro “humano” leva crianças à escola

NULL
Versão para impressão
Esta segunda-feira, seis alunos da escola básica do Lavradio, no Barreiro, foram de sua casa ao estabelecimento de ensino num autocarro muito especial sem rodas nem motor. Durante alguns dias da semana, o pedibus, ou “autocarro humano”, guiará estes alunos seguindo um percurso estabelecido com paragens e horários definidos.
 
Três escolas do Barreiro aderiram às propostas de mobilidade do projeto “A Pé para a Escola”. No entanto, explica ao Boas Notícias o professor Pedro Nogueira, do Barreiro, “apenas na escola EB do Lavradio foi possível, nesta fase, implementar o Pedibus já que nas outras duas escolas não houve voluntários para conduzir os alunos”.

Para cada grupo de seis alunos é necessário um “condutor” adulto que assume a responsabilidade de encaminhar em segurança os mais novos pelo percurso estabelecido até à escola.

No Lavradio, três encarregados de educação ofereceram-se para desempenhar esta tarefa de forma voluntária, entre segunda e quarta-feira. Hoje arrancou o primeiro pedibus e o “serviço” está assegurado até ao final do ano lectivo, a 22 de junho.

Na EB1/JI Professor Rita Seixas há alunos inscritos no “autocarro humano” mas aguarda-se ainda a inscrição de condutores voluntários para arrancar com o pedibus. Na EB1/JI Nº 8 optou-se por outra solução – a mobilidade autónoma – que passa por marcar pontos de encontro para que os alunos se dirijam em grupo, embora sem adultos, até à escola.

Aposta na sensibilização e informação

Apesar da adesão dos encarregados de educação ainda não ser massiva, Pedro Nogueira diz que este nível de”participação é normal, comparando com outras cidades onde o projeto já foi testado, como Viana do Castelo e Castelo Branco”.

Entretanto, a autarquia continua a apostar na “sensibilização e informação dos alunos e encarregados” para que, no próximo ano lectivo, mais escolas façam parte do programa de mobilidade.

A ideia do Pedibus está integrada no projeto internacional “Walk to School” [A pé para a escola, em português] que no nosso país é desenvolvido e coordenado pelo CESNOVA – Centro de Estudos de Sociologia da Universidade Nova de Lisboa com o apoio da Fundação Calouste Gulbenkian.
 
A Câmara do Barreiro e câmara de Loures aceitaram funcionar como autarquias piloto deste projeto. As escolas de Loures envolvidas são as EB1/JI da Flamenga, em Santo António dos Cavaleiros, a EB1/JI de Sacavém e a EB1/JI do Fanqueiro.
 
Os objetivos gerais do projeto passam pelo combate à obesidade infantil e por promover a atividade física mas também por ensinar as crianças a viver a rua e o espaço urbano. 

Clique para saber mais sobre o projeto A Pé para a Escola.

[Notícia sugerida por Patrícia Guedes] [Notícia atualizada a 16/05/2011 às 13h007]

Comentários

comentários

BN TV

O Boas Notícias está de volta!

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório