Ambiente

Barcos portugueses evitam captura de golfinhos

Um pequeno aparelho colocado na água impede que os golfinhos se aproximem das redes de pesca num raio de vários metros. O sistema, concebido para evitar a captura acidental daqueles cetáceos, vai começar a ser usado por dez embarcações das regiões de
Versão para impressão
Um pequeno aparelho colocado na água impede que os golfinhos se aproximem das redes de pesca num raio de vários metros. O sistema, concebido para evitar a captura acidental daqueles cetáceos, vai começar a ser usado por dez embarcações das regiões de Viana do Castelo e Figueira da Foz.

Seis embarcações da Figueira da Foz já instalaram o dispositivo acústico e prevê-se que esta semana aconteça o mesmo com outras quatro da zona de Viana do Castelo. O objetivo é mitigar a captura acidental de golfinhos nas redes de pesca, já que essa é a principal causa de morte dessa espécie.

A iniciativa integra o projeto SafeSea, no qual participam o Departamento de Biologia da Universidade do Minho e a Sociedade Portuguesa da Vida Selvagem, e surge numa altura particularmente relevante, já que a presença de golfinhos na costa norte do país tem sido constante, durante os últimos meses.

Em comunicado, o projeto SafeSea revela que o alargamento da área de arrojamento tem contribuído para o aumento do número de animais registados na costa centro e norte de Portugal, especialmente desde 2008. Em 2009, atingiu-se um recorde de registo de animais, com um total de 168 mamíferos marinhos.

Quanto aos aparelhos instalados nas embarcações de pesca de cerco e de tresmalhe, “emitem numa frequência que só afeta os golfinhos. O aparelho, de uma empresa australiana, custa perto de 30 euros e, para já, é fornecido pelo projeto”, diz o biólogo Hélder Araújo, da Universidade do Minho e da Sociedade Portuguesa da Vida Selvagem, ao jornal Diário de Notícias.

Comentários

comentários

BN TV

O Boas Notícias está de volta!

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório