Sociedade

Banco Alimentar recolhe bens este fim-de-semana

O Banco Alimentar Contra a Fome prepara-se para desenvolver mais uma campanha de recolha de alimentos. A iniciativa está marcada para os dias 26 e 27 de Maio e vai decorrer em 19 locais do país.
Versão para impressão
O Banco Alimentar Contra a Fome prepara-se para desenvolver mais uma campanha de recolha de alimentos. A iniciativa está marcada para os dias 26 e 27 de Maio e vai decorrer em 19 locais do país, contando com a colaboração de mais de 37.000 voluntários.
 
“Maior do que a crise que nos bate à porta, é a solidariedade dos portugueses” é o lema da campanha que desafia a população a ajudar quem mais precisa numa altura de dificuldades crescentes.  
 
“Contamos com cada um para, individualmente, contribuir para este projeto comum que procura minorar as carências de muitas famílias portuguesas”, afirma o Banco Alimentar Contra a Fome em comunicado. “Doar alguns alimentos pode ser um pequeno gesto individual, mas assume um grande impacto quando visto globalmente à luz da campanha”, acrescentam os responsáveis.
 
Para participar na campanha basta aceitar um saco do Banco Alimentar e colocar nele bens alimentares, preferencialmente produtos não perecíveis como leite, conservas, azeite, açúcar, farinha, massas, entre outros. Depois, os produtos serão distribuídos aos mais carenciados por intermédio de mais de 2.100 instituições de solidariedade social.
 
Em simultâneo com a campanha de recolha de alimentos nos hipermercados, o Banco Alimentar disponibiliza também uma plataforma eletrónica para a compra e realização de donativos em géneros alimentares sem sair de casa, à qual pode aceder AQUI.
 
A iniciativa deste fim-de-semana chegará a Lisboa, Porto, Évora, Coimbra, Aveiro, Abrantes, Setúbal, S. Miguel, Cova da Beira, Leiria-Fátima, Oeste, Algarve, Portalegre, Braga, Santarém, Viseu, Viana do Castelo, Terceira e Beja.
 
Só em 2011 o Banco Alimentar recolheu cerca de 30 251 toneladas de alimentos, com o valor estimado de 42,3 milhões de euros. Ao todo, as recolhas permitiram ajudar mais de 337.500 pessoas, de acordo com os dados da Federação Portuguesa dos Bancos Alimentares Contra a Fome.
 

Comentários

comentários

BN TV

O Boas Notícias está de volta!

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório