Sociedade

Baixa do Porto vai ter casas “low cost”

Com vista a revitalizar a baixa portuense, o espaço multidisciplinar Plano B está a negociar com proprietários e investidores a recuperação de diversas habitações para compra e arrendamento "a preços realistas". A ideia passa também por envolver os f
Versão para impressão
Com vista a revitalizar a baixa portuense, o espaço multidisciplinar Plano B está a negociar com proprietários e investidores a recuperação de diversas habitações para compra e arrendamento “a preços realistas”. A ideia passa também por envolver os futuros moradores no restauro das casas.

Desde 2006 que o Plano B trabalha para a reabilitação arquitetónica da cidade do Porto, lutando pela recuperação de “prédios inteiros”. A maioria seria disponibilizada para o mercado de arrendamento, através de parcerias que permitam resultados de baixo custo.

“O Porto é uma cidade “low cost”: é mais barato comer e sair à noite. Mas quando alguns artistas estrangeiros e amigos nos começaram a pedir para encontrar casas na Baixa, vimos que a oferta era ridícula: as casas degradadas eram caras e as que estavam recuperadas tinham preços exorbitantes”, refere Filipe Teixeira, arquiteto e proprietário do Plano B, em declarações à agência Lusa.

O responsável acredita que, ao “mediar acordos” entre proprietários de habitações e investidores, seja possível colocar no mercado apartamentos T0 e T1, mobilados e equipados, a partir de 300 euros mensais (água e luz incluídas).

Filipe Teixeira revela que algumas casas poderão estar prontas a arrendar ainda este ano, graças ao estado avançado de negociações com o proprietário de um prédio com 11 andares.

Quem, no entanto, estiver interessado em comprar casa, pode escolher envolver-se nas obras de recuperação ou adquirir o apartamento “já mobilado e decorado por um designer”. Estes investimentos, explica Filipe Teixeira, “não serão para a classe alta, mas para as pessoas com mais capacidade financeira”.

O projecto do Plano B vai estar em foco no próximo Clube Addict – Agência para o Desenvolvimento das Indústrias Criativas, que se realiza na sexta feira, dia 18 de fevereiro, na Rua Passos Manuel, no Porto. Saiba mais aqui.

[Notícia sugerida pela utilizadora Elsa Vieira]

Comentários

comentários

Pub

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório

Pub