Espetáculos e Exposições

B. Leza reabre ao público

Agora situado no Cais do Sodré, com vista sobre o Tejo, o B. Leza, espaço mítico da noite lisboeta, reabriu as suas portas ao público no dia 2 de Março, com muitos convidados.
Versão para impressão

Agora situado no Cais do Sodré, com vista sobre o Tejo, o B. Leza, espaço mítico da noite lisboeta, reabriu as suas portas ao público no dia 2 de Março, com muitos convidados, entre eles representantes da comunidade cabo-verdiana e africana em Portugal e também do autarca de Lisboa, António Costa.

Cinco anos depois do encerramento do B. Leza no Palácio Almada de Carvalhais no Largo do Conde Barão, o clube de música cabo-verdeana renasce agora no Cais da Ribeira, ao Cais do Sobré.

Situado num armazém convertido, que antes tinha sido um restaurante, a nova vida do B. Leza nasce num espaço amplo onde se destaca uma parede de vidro virada para o rio.

Nascido em 1995, o B.Leza pede o nome emprestado à alcunha do músico cabo-verdiano Francisco Xavier da Cruz, um dos nomes grandes da morna. Pelo Largo do Conde Barão passaram muitos nomes da música de Cabo Verde entre os quais Tito Paris, Celina Pereira Dany Silva, mas houve também lugar para sessões de cinema, teatro, conferências, etc.

Na noite da inauguração, o presidente da câmara António Costa subiu ao palco para agradecer a persistência das irmãs Saudade, Madalena e Sofia, que continuam como gerentes da casa e se empenharam em reabrir o B. Leza. O autarca lembrou ainda o papel de Lisboa como cidade multicultural e a importância que a comunidade de Cabo Verde desempenha na vida da cidade.

Comentários

comentários

Etiquetas

BN TV

O Boas Notícias está de volta!

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório