Inovação e Tecnologia

Avó cibernauta tem 103 anos

O iPad veio acrescentar-se aos livros e uma vida cheia de histórias e o facebook proporcionou-lhe o contacto com os seus netos e 13 bisnetos. Lillian Lowe rendeu-se às novas tecnologias, quando percebeu que era uma forma de acompanhar o dia-a-d
Versão para impressão
O iPad veio acrescentar-se aos livros e uma vida cheia de histórias e o facebook proporcionou-lhe o contacto com os seus netos e 13 bisnetos. Lillian Lowe rendeu-se às novas tecnologias, quando percebeu que era uma forma de acompanhar o dia-a-dia da sua família.

Vive há mais de 70 anos em Pembrokeshire, no País de Gales, mas já é conhecida em todo o mundo como “iGran”, como o iPad. A antiga gerente de hotéis tornou-se a utilizadora mais velha do facebook, titulo atribuído a Ivy Bean, também britânica que faleceu em julho deste ano com 104 anos.

“É uma maneira de seguir o rasto dos meus netos e bisnetos e de ficar a par das suas travessuras”, explicou a avó cibernauta à BBC.

Foi através de um dos seus netos, Steve, que Lillian começou a fazer parte deste novo mundo. Agora, acede ao Facebook duas vezes na semana e ainda navega no Google Earth para visitar outros países virtualmente, no conforto do seu lar.

Lillian já recebeu mais de mil pedidos de amizade no Facebook

Depois da notícia, todos querem ser amigos desta senhora cibernauta que já recebeu mais de mil pedidos de amizade de pessoas de todo o mundo. ” As pessoas enviam-me mensagens muito simpáticas. Mas infelizmente, não posso responder a todos”, explica a anciã.

A família de Lillian está orgulhosa da sua popularidade. “A minha avó não tem medo das novidades e está sempre disposta a aprender. É uma grande inspiração para todos nós”, disse o seu neto Steve Lowe. “Levo-lhe o meu iPad todas as semanas para ela poder navegar na Internet à vontade”, acrescentou.

Apesar de Lillian estar ao corrente das novas tecnologias, não considera que esta substitua o convívio e o afeto que se deve demonstrar pessoalmente. As redes sociais apenas vieram facilitar a comunicação.

Esta senhora de 103 anos, que faz 104 daqui a dois meses, é uma prova de que nunca é tarde para aprender. Basta apenas ter paciência e muita força de vontade.

Comentários

comentários

Pub

Aid Global

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório

Pub