Ciência

Avião de papel tira fotografias do espaço

Uma equipa de cientistas amadores britânicos lançou para o espaço um avião de papel numa tentativa de "revigorar a corrida espacial britânica". O aparelho foi elevado a 27.400 metro por um balão de hélio que depois de explodir desceu de pára-quedas d
Versão para impressão
Uma equipa de cientistas amadores britânicos lançou para o espaço um
avião de papel numa tentativa de “revigorar a corrida espacial
britânica”. O aparelho foi elevado a 27.400 metro por um balão de hélio
que depois de explodir desceu de pára-quedas de volta à Terra.

O Vulture-1, como foi batizado, integrou a operação PARIS (Paper Aircraft Released Into Space, na sigla original, ou Avião de Papel Lançado ao Espaço, em português) e trazia duas câmaras fotográficas que foram resgatadas intactas depois da queda que durou 90 minutos onde foram registando imagens como a da curvatura da Terra.
Image and video hosting by TinyPic
Steve Daniels e John Oates, entusiastas e editores do site de ciência e tecnologia The Register, foram os autores da ideia. “Estávamos à procura de algo divertido para fazer e os leitores do site tiveram essa ideia de criar um avião de papel”, justifica John Oates, de 39 anos.

No cockpit, os criadores colocaram ainda um piloto, um boneco da playmobil que apelidaram de “playmonauta”.

O planador com pouco mais de um metro de diâmetro foi lançado a cerca de 150 km de Madrid, em Espanha, e pousou a pouco mais de 30 km de distância do ponto de partida afirmando-se assim como uma brincadeira bem sucedida.

“Temos quase a certeza que fomos pioneiros neste lançamento. Agora quero ver quando é que os australianos nos vão desafiar nesta corrida ao espaço mas estamos ansiosos”, brinca um dos autores citado pela Sky News.

Pode ver as fotografias captadas pelo Vulture-1 na galeria do Flickr clicando aqui.

Comentários

comentários

BN TV

O Boas Notícias está de volta!

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório