Mundo

Austrália: nasce cria de panda vermelho

Seba, que significa "recompensa", em nepalês, é uma cria de panda de panda vermelho com quatro meses de idade que foi apresentado esta semana ao público no Jardim Zoológico Taronga, em Sidney, na Austrália.
Versão para impressão
[Fotografia: © Peter Hardin]

Seba, que significa “recompensa”, em nepalês, é uma cria de panda de panda vermelho com quatro meses de idade que foi apresentado esta semana ao público no Jardim Zoológico Taronga, em Sidney, na Austrália.

A espécie faz parte da lista de animais vulneráveis, em perigo na natureza, e nasceu em dezembro. Até agora estava a ser cuidado pela progenitora chamada Wanmei. Superou agora o teste de ser apresentado ao mundo pelas câmaras de televisão e fotografias que captaram o seu ar “surpreendido”, conforme refere a agência noticiosa espanhola EFE.

Este é o 45º panda nascido desde 1977 ao abrigo do programa de reprodução da Sociedade Australiana de Conservação de Taronga. Calcula-se que existam em estado selvagem cerca de 10 mil exemplares desta espécie natural das montanhas dos Himalaias, norte da Índia, China, Nepal e Butão.

“Um nascimento de um animal é sempre razão para celebrar, mas estamos particularmente orgulhosos do nosso programa de reprodução de pandas vermelhos. Temos o melhor recorde no hemisfério sul e estamos muito felizes por dar as boas-vindas a mais uma pequena cria ao mundo”, declarou Deborah Price, tratadora do Zoo, citada em comunicado oficial.

A caça ilegal e a desflorestação do habitat natural do panda vermelho é a principal causa de ameaça para esta espécie.

Comentários

comentários

Pub

Aid Global

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório

Pub