Desporto

Atleta paraplégico escala Kilimanjaro

NULL
Versão para impressão
Escalar o Monte Kilimanjaro é um desafio para qualquer pessoa. Mas torna-se uma tarefa mais impressionante quando realizada por um homem como Chris Waddel que, apesar de paraplégico, chegou ao ponto mais alto da África do Sul. O feito ficou registado num documentário que está a ser apresentado numa tour pelos EUA.

O filme de Chris documenta os momentos mais importantes da escalada ao Kilimanjaro, o ponto mais alto de África, com cerca de 5.800 metros. A escalada aconteceu em 2010 e o documentário foi lançado este ano, tendo já conquistado vários prémios em festivais.

O atleta Chris Waddell valeu-se da sua força de braços, da ajuda de um velocípede adaptado e da sua equipa, que foi abrindo o caminho para a escalada, de acordo o site da Fundação do atleta – One Revolution.
 
A fundação One Revolution tem por objetivo mudar as mentalidades e as expectativas existentes em relação às pessoas com deficiência. Além do documentário que está agora a percorrer os EUA numa tour, a fundação está a desenvolver uma cadeira de rodas todo o terreno, semelhante à que foi usada por Chris na escalada do Kilimanjaro.

Chris sofreu um acidente de ski em Vermont, em 1988. Ficou paralisado da cintura para baixo, mas um ano após o acidente já estava de volta às pistas usando um mono-ski.

Seguiu-se uma carreira de atleta paraolímpico de sucesso, em que Chris se tornou o atleta masculino mais condecorado, tendo conquistado 13 medalhas de ouro.

Clique AQUI para aceder ao site oficial One Revolution e clique no link acima para visionar o trailer do documentário.

Comentários

comentários

BN TV

O Boas Notícias está de volta!

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório