Ciência

Asteróide gigante vai passar muito perto da Terra

NULL
Versão para impressão
Esta semana a Terra vai ser visitadapor um asteróide que deve passar mais perto que a Lua. O corpo celeste vai atingir a maior proximidade do nosso planeta nesta terça-feira, altura em que estará a cerca de 324 mil quilómetros.

Desde 1976 que não se registava a passagem de um asteróide destas dimensões tão perto da Terra. A NASA está a aproveitar a ocasião para recolher dados sobre o asteroide, através de imagens recolhidas por scan com uma antena do Deep Space Network.

O asteróide 2005 YU55 não passava pela Terra há mais de 200 anos. No momento em que alcançar a maior proximidade da Terra, algo que deve acontecer esta terça-feira, o asteroide vai estar perto que a própria Lua. No entanto, os cientistas garantem que não existe qualquer risco. “A influência gravitacional do asteroide não vai ser detetada na Terra”, explica a NASA.

Os cientistas vão ainda usar as antenas Goldstone e Arecibo para enviar ondas de rádio para o objeto rochoso, cujos ecos devolvidos à Terra serão posteriormente analisados. Desta forma, os investigadores pretendem obter imagens do asteróide bastante detalhadas.

Segundo as últimas imagens recolhidas, a superfície do 2005 YU55 é escura e ele tem uma forma esférica, atingindo o tamanho de um porta-aviões. A próxima vez que um asteróide desta dimensão vai passar tão perto será em 2028.

Clique AQUI para consultar o comunicado da NASA.

Comentários

comentários

Pub

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório

Pub