Cultura

Artista de ‘Ecce Homo’ inaugura exposição

A artista espanhola de 81 anos que ficou conhecida pelo polémico restauro da figura representativa de Jesus acaba de inaugurar uma exposição com obras suas e diz ter reencontrado a felicidade depois do pesadelo vivido nessa altura.
Versão para impressão
A artista espanhola de 81 anos que ficou conhecida pelo polémico restauro da figura representativa de Jesus acaba de inaugurar uma exposição com obras suas e diz ter reencontrado a felicidade depois do pesadelo vivido nessa altura, avança a agência Associated Press. 
 
Cecília Giménez correu as bocas do mundo com a tentativa de restauro do fresco 'Ecce Homo', reproduzido no século XIX pelas mãos do artista Elías García Martínez. Exposto na parede do santuário de Nossa Senhora da Misericórdia de Borja, em Zaragoza, Espanha, o fresco foi alvo daquele que é considerado o pior restauro alguma vez feito a uma obra de arte.
 
Ainda assim, o feito valeu mais de 40.000 visitantes àquele local para ver ao vivo e a cores o mal afamado restauro, num impulso turístico que resultou num total de os 50.000 euros de receitas para o município.
 
Hoje com 81 anos, a artista acaba de inaugurar uma exposição onde dá provas do seu talento. Na cerimónia de inauguração estiveram presentes inúmeros visitantes, que quiseram conhecer os 25 quadros expostos da autoria da idosa
 
“Estou contente porque as pessoas portam-se muito bem comigo. Tive pessoas que me deram um enorme apoio e estou contente por isso”, refere Cecília Giménez. Depois da polémica gerada em torno de 'Ecce Homo' e de todas as más críticas apontadas ao seu trabalho, Cecília diz ter reencontrado novamente a felicidade.
 
A artista vai ainda assinar um contrato de exploração dos direitos de imagem, cujas receitas se destinam a fins de benefício social.

Comentários

comentários

Pub

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório

Pub