Cultura

Arquitetura: Ateliê português premiado em Veneza

O estúdio de arquitetura português ateliermob foi um dos três vencedores do Prémio Future Cities, uma exposição em Veneza, Itália. O certame, paralelo à Bienal de Arquitetura daquela cidade, contou com mais de 100 participações internacionais.
Versão para impressão
O estúdio de arquitetura português ateliermob foi um dos três vencedores do Prémio Future Cities, uma exposição em Veneza, Itália. O certame, paralelo à Bienal de Arquitetura daquela cidade, contou com mais de 100 participações provenientes de diversos países.

O ateliermob, estúdio de arquitetura com sede em Lisboa, foi um dos três premiados da exposição Future Cities, dedicada ao tema “Planning for the 90 per cent” e inaugurada na passada segunda-feira.

O projeto luso galardoado, intitulado “Working with the 99%”, diz respeito a um reposicionamento da prática de arquitetura como resposta urgente ao discurso que transmite a ideia de um país adiado e sem futuro”, refere o estúdio português em comunicado divulgado esta quinta-feira.

O caso de estudo levado a Veneza é relativo a um trabalho que o ateliermob tem vindo a desenvolver no Bairro da Prodac, em Chelas. Em conjunto com a associação de moradores e com o apoio da Câmara, está a ser realizado um projeto que visa legalizar e detetar situações de risco naquele bairro construído pelos moradores há mais de 40 anos.

A par do ateliermob, formado pelos arquitetos Andrea Salavessa, Tiago Mora Saraiva, Vera João, Joana Bastos, Sara Campagna e Elisa Ioime, houve outros dois projetos conquistaram o Prémio Future Cities. Os restantes trabalhos galardoados são da autoria do Secretariado de Habitação do Município de São Paulo, no Brasil, e da associação de promoção social Interazioni Urbane, em Itália.

De acordo com a Lusa, os projetos contemplados pelo Prémio foram selecionados por um painel de jurados composto por vários especialistas da área. Destacam-se os nomes de Anna Detheridge, da Connecting Cultures, Joseph Grima, editor da revista Domus, Fulvio Irace, da Universidade de Milão e Mary Jane Jacob, diretora da Escola de Artes do Instituto de Chicago.

A exposição do Prémio Future Cities decorre até dia 1 de Setembro nos Magazzino Gardini, paralelamente ao desenrolar da 13ª edição da Bienal Internacional de Arquitetura de Veneza.

Clique AQUI para aceder à página do ateliermob.

[Notícia sugerida por Maria Manuela Mendes e Vítor Fernandes]

Comentários

comentários

BN TV

O Boas Notícias está de volta!

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório