Cultura

Arqueólogos descobrem sopa com mais de 2 mil anos

Arqueólogos chineses crêem ter descoberto uma marmita de bronze com uma sopa preparada há mais de 2.400 anos e que incluem outros vestígios como ossos, conforme anunciou a imprensa oficial da China, citada pela agência francesa AFP.

Versão para impressão
[Fotografia:© CFP/Global Times]

Arqueólogos chineses crêem ter descoberto uma marmita de bronze com uma sopa preparada há mais de 2.400 anos e que incluem outros vestígios como ossos, conforme anunciou a imprensa oficial da China, citada pela agência francesa AFP.

A descoberta foi feita depois de uma escavação levada a cabo na província de Xian, de acordo com informação avançada pelo jornal Global Times.

“É a primeira vez na história arqueológica da China que se encontra uma sopa que contém ossos”, explicou Liu Daiyun do Instituto de Arqueologia local. “Esta descoberta é particularmente útil para estudar os hábitos alimentares do Reino dos Combatentes entre os séculos V e III A.C.”, conclui o mesmo responsável.

Durante os trabalhos de alargamento do aeroporto de Xian, cidade conhecida pelo exército de guerreiros de terracota, foi descoberta a tumba e o recipiente: uma pequena vasilha de três pés com ossos e um líquido esverdeado que será agora analisado para conhecer os ingredientes e confirmar que se trata, de facto, de uma sopa.

Comentários

comentários

Pub

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório

Pub