Inovação e Tecnologia

Aplicação lusa identifica plantas pelo telemóvel

Dois investigadores da Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro (UTAD) desenvolveram uma tecnologia que permite identificar plantas através do telemóvel.
Versão para impressão
Dois investigadores da Universidade de Trás-os-Montes e Alto Douro (UTAD), Raul Morais e António Crespi, desenvolveram uma tecnologia que permite identificar plantas através de um telemóvel. 
 
A aplicação é grátis e de fácil utilização e surgiu para alimentar os mais curiosos sobre a biodiversidade.
 
A identificação é possível graças a um código, o QR-code, colocado nas plantas, que através da instalação da aplicação de reconhecimento no telemóvel, e com ligação à internet, vai conseguir obter toda a informação sobre as espécies até agora catalogadas.
 
O código QR é bidimensional e de leitura rápida. É composto por pequenos módulos negros dentro de um quadrado com fundo branco que contém todas as informações sobre cada planta.
 
Esta tecnologia vai também identificar plantas a longas e curtas distâncias, e ainda reproduzir uma rota até à localização exata da respetiva planta.
 
O jardim botânico da UTAD foi o ponto de partida para a identificação das espécies por meio deste novo conceito. Ao todo são 860 as espécies que vão ter este sistema de identificação. Já foram registadas 50 plantas, na área das resinosas, e as próximas serão as aromáticas e medicinais.
 
Este projeto também está a ser promovido na Escola Secundária Morgado de Mateus em Vila Real que já catalogou todas as plantas existentes no estabelecimento de ensino. O objetivo é mostrar aos jovens que o telemóvel tem outras utilidades além das que lhe damos habitualmente.
 
[Notícia sugerida por Vítor Fernandes]

Comentários

comentários

BN TV

O Boas Notícias está de volta!

Pub

Aid Global

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório

Pub