Ciência

Apicultura: Encontrados vestígios com 3 mil anos

Investigadores da Universidade de Jerusalém encontraram em Israel os mais antigos vestígios da prática de apicultura alguma vez encontrados no mundo. Vestígios de abelhas em garrafas de barro e colmeias com três mil anos foram as principais descobert
Versão para impressão
Investigadores da Universidade de Jerusalém encontraram em Israel os mais antigos vestígios da prática de apicultura alguma vez encontrados no mundo. Vestígios de abelhas em garrafas de barro e colmeias com três mil anos foram as principais descobertas.

No artigo publicado na revista Proceedings of the National Academy of Sciences, os investigadores referem que “a preservação excecional dos vestígios encontrados fornece a identificação inequívoca dos cilindros de barro como as colmeias mais antigas alguma vez encontradas”.

As colmeias encontradas possuem um pequeno orifício destinado à entrada e à saída das abelhas, tendo também uma tampa do lado oposto para que os apicultores pudessem fazer a recolha dos favos de mel produzidos.

Para realizarem este estudo, os investigadores da Israel’s Hebrew University of Jerusalem serviram-se de um microscópio de alta resolução. O equipamento permitiu apurar que as abelhas de então pertenciam a uma subespécie diferente da que atualmente existe em Israel, segundo sugere o estudo das duas patas e asas.

Consulte o relatório do estudo aqui.

Comentários

comentários

BN TV

O Boas Notícias está de volta!

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório