Negócios e Empreendorismo

Animais: Empresa lusa presta cuidados ao domicílio

Uma médica veterinária portuguesa decidiu lançar uma empresa inovadora: a Prime Pet, que presta cuidados de saúde - e não só - ao domicílio aos amigos de quatro patas.
Versão para impressão
Num momento em que, muitas vezes, a rotina torna difícil encontrar tempo para dedicar aos animais de estimação e para lhes dar toda a atenção de que necessitam, uma médica veterinária portuguesa com espírito empreendedor decidiu lançar uma empresa inovadora: a Prime Pet, que presta cuidados de saúde – e não só – ao domicílio aos amigos de quatro patas.
 
por CATARINA FERREIRA

“O objetivo é facilitar e simplificar o dia-a-dia dos donos dos animais”, explica Carolina Rebelo, a diretora da Prime Pet, em entrevista ao Boas Notícias. “Queremos descomplicar e desburocratizar todas as necessidades que um animal de estimação possa ter”, acrescenta a responsável.
 
A empresa nasceu em Novembro de 2010, após alguns meses “passados em clínicas e hospitais veterinários onde, em conversas com colegas de profissão e com os donos, se constatava recorrentemente a necessidade de uma centralização de serviços na área dos pequenos animais”.
 
Com uma imagem “jovem, dinâmica e inovadora”, descreve a sua fundadora, a Prime Pet disponibiliza uma ampla diversidade de serviços caseiros para corresponder às necessidades dos animais de companhia, em particular cães e gatos, nas áreas da Grande Lisboa, Cascais, Linha de Sintra, Zona Oeste (até Torres Vedras) e Margem Sul (até Setúbal).
 
Além do apoio veterinário e da fisioterapia ao domicílio, a empresa portuguesa oferece também serviços de dog-walking e de pet-sitting, que asseguram que os animais são devidamente cuidados e alimentados quando, por exemplo, os donos se ausentam para férias.
 
“Também entregamos ração ao domicílio, tratamos de seguros de saúde e de toda a burocracia relativa à viagem do animal de companhia e, claro, disponibilizamos um serviço de transporte seguro de animais e serviços fúnebres”, conta Carolina.


 
Empresa tem crescido a bom ritmo

Embora esta seja uma aposta relativamente recente, a médica veterinária – que é apoiada por outra profissional da área a tempo inteiro – está satisfeita com os resultados. “Até agora temos tido uma adesão e uma aceitação bastante positivas por parte dos nossos colegas e por parte dos clientes”, salienta, revelando que a empresa tem crescido a bom ritmo.
 
À semelhança do que acontece com os serviços, também os donos de animais que recorrem à Prime Pet têm perfis variados. Mas, desvenda Carolina, há perfis tipo em alguns serviços. “Por exemplo, no serviço fúnebre, geralmente são clientes seniores a pedir-nos cremações individuais e urnas personalizadas”, ilustra.
 
Para a fundadora da empresa, que tem também protocolos com fisioterapeutas veterinários, corretores de seguros, empresas de banhos e tosquias e empresas de entrega de rações, há vantagens específicas numa oferta deste tipo face aos serviços veterinários convencionais.
 
“Ao irmos a casa das pessoas e transportarmos os seus animais quando é necessário, permitimos que os donos poupem tempo”, aponta Carolina. E os benefícios estendem-se também aos próprios animais. “Como os examinamos no seu ambiente habitual conseguimos que estejam mais calmos e que demonstrem o seu comportamento do costume”, o que facilita os diagnósticos e o tratamento, considera a especialista.
 
Segundo a responsável, os valores do apoio veterinário ao domicílio são “competitivos e justos relativamente aos valores praticados” na área da veterinária em geral. Quanto aos serviços de dog-walking e pet-sitting podem custar desde 7,5€ e 10€, “sendo sempre negociáveis e ajustáveis às necessidades dos animais e dos seus donos”, conclui Carolina.

Comentários

comentários

BN TV

O Boas Notícias está de volta!

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório