Mundo

Amnistia Internacional elogia relatório do G8

A Amnistia Internacional elogiou esta sexta-feira os Estados que integram o Grupo dos 8 (G8) pela sua promessa de aumentar a transparência e os seus esforços, individuais e coletivos, para alcançar os objetivos de desenvolvimento do milénio (ODM).
Versão para impressão
A Amnistia Internacional elogiou esta sexta-feira os Estados que integram o Grupo dos 8 (G8) pela sua promessa de aumentar a transparência e os seus esforços, individuais e coletivos, para alcançar os objetivos de desenvolvimento do milénio (ODM).

De acordo com a Lusa, estas considerações da organização foram feitas a propósito de um relatório divulgado hoje pelo G8, o grupo dos países mais industrializados do mundo, que decorre em Muskoka, Canadá.

O relatório, sobre a ajuda aos mais pobres do mundo, enfatiza que o objetivo da ajuda é promover o crescimento sustentável e contribuir para melhorias tangíveis na vida destas pessoas.

Em comunicado, a Amnistia diz acreditar que os padrões dos direitos humanos – e o dever de todos os governos em os cumprirem – devem ser colocados no centro dos esforços para cumprir as promessas feitas por ocasião da Declaração do Milénio.

Os Objetivos do Milénio – definidos no ano 2000 pela ONU – são erradicar a fome e a pobreza extrema, generalizar a educação primária, promover a autoridade de género e capacitar as mulheres, reduzir a mortalidade infantil, melhorar a saúde maternal, combater sida, malária e outras doenças, garantir a sustentabilidade ambiental, e desenvolver uma parceria global para o desenvolvimento.

Para os que vivem na pobreza, acentua a Amnistia, “a cooperação internacional e a assistência podem desempenhar um papel crucial na garantia da realização de níveis mínimos de direitos económicos, sociais e culturais”.

Comentários

comentários

BN TV

O Boas Notícias está de volta!

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório