Ambiente

Alunos recolhem 1605 toneladas de lixo eletrónico

No âmbito da segunda edição do programa Escola Electrão promovido pela Associação Portuguesa de Gestão de Resíduos (Amb3E) mais de 400 mil alunos, num total de 63 escolas em todo o país, recolheram 1.605 toneladas de equipamentos elétricos e eletróni
Versão para impressão
No âmbito da segunda edição do programa Escola Electrão promovido pela Associação Portuguesa de Gestão de Resíduos (Amb3E) mais de 400 mil alunos, num total de 63 escolas em todo o país, recolheram 1.605 toneladas de equipamentos elétricos e eletrónicos destinados ao lixo.

De acordo com os organizadores, a iniciativa verde ganha pela Escola Profissional Mariana Seixas, do distrito de Viseu foi um sucesso. “Os resultados ultrapassaram todas as nossas expectativas”, disse à Lusa, citado pela TVI24, o diretor geral Amb3E, Fernando Lamy da Fontoura.   

“A escola que ganhou no ano passado conseguiu 34,5 toneladas [de resíduos recolhidos] e a escola deste ano quase 80 toneladas, só em 15 dias úteis”, salientou Fernando Lamy da Fontoura, um feito que classificou como “espantoso”.

De acordo com o mesmo responsável a iniciativa pedagógico-ambiental teve repercussões a nível internacional, com outros países da União Europeia a pedir informações para desenvolver iniciativas semelhantes.

A adesão a este projeto que conta com o apoio dos Ministérios da Educação e do Ambiente foi significativa com a participação 603 escolas de todas as regiões, incluindo Madeira e Açores. Mobilizou 405 mil alunos e 57 mil professores que se envolveram na recolha de 1605 toneladas de resíduos elétricos e eletrónicos.

Desde frigoríficos a máquinas de lavar e “imensas televisões e pequenos eletrodomésticos”, como ferros de engomar e varinhas mágicas, foram recolhidos uma média de cerca de quatro quilos por estudante.

Comentários

comentários

Etiquetas

BN TV

O Boas Notícias está de volta!

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório