Educação

Alunos da UMinho vencem Prémio Fernando de Sousa

©Alberto Sá
Galardão foi atribuído pela Representação da Comissão Europeia em Portugal
Versão para impressão
por redação

Quatro alunos de Ciências da Comunicação da Universidade do Minho venceram a primeira edição do Prémio Fernando de Sousa, na categoria Estudante. O comissário europeu da Investigação, Ciência e Inovação, Carlos Moedas, distinguiu Pedro Costa, Tiago Ramalho, Pedro Esteves e Paulo Costa pela reportagem “O ‘bicho-papão’ não mora aqui”, sobre os processos de integração nos bairros sociais de Famalicão, publicada no jornal académico ComUM Online.

Tiago Ramalho, coautor da reportagem e diretor da publicação, sentiu-se “muito honrado” pelo prémio. “Representa o papel que o jornalismo académico pode ter na sociedade e, também, a qualidade do trabalho do ComUM Online, que é realizado por alunos da licenciatura e do mestrado em Ciências da Comunicação da UMinho”, referiu.

Esta publicação independente é um exemplo no panorama português. Recentemente foi ainda distinguida com o prémio “Ciberjornalismo Académico” do Observatório do Ciberjornalismo, pela grande reportagem “Por onde já não navegamos”, de Rui Barros e Ricardo Castro, sobre o fim de vida dos Estaleiros de Viana do Castelo.

Na cerimónia realizada no NewsMuseum, em Sintra, foi ainda laureado, na mesma categoria, Tomás Nogueira, da Rádio Universidade de Coimbra. O prémio é uma viagem de InterRail pela Europa, no valor de 3000 euros. A iniciativa é promovida pela Representação da Comissão Europeia em Portugal e homenageia Fernando de Sousa, um reputado jornalista português e perito em assuntos europeus.

Comentários

comentários

BN TV

O Boas Notícias está de volta!

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório