Fitness & Bem-estar

Alqueva: Reserva Dark Sky finalista de prémio da ONU

O céu do Alqueva é um dos três projetos finalistas nomeados para o Prémio Ulysses atribuído todos os anos pela Organização Mundial do Turismo das Nações Unidas.
Versão para impressão
A reserva Dark Sky, que protege o céu da região do Alqueva, está entre os finalistas do prémio Ulysses atribuído todos os anos pela Organização Mundial do Turismo das Nações Unidas. 

Aquela zona do alentejo é, assim, uma das três finalistas na categoria de Inovação para Organizações Não-governamentais. Os Prémios Ulysses são todos os anos atribuídos pela Organização Mundial do Turismo das Nações Unidas, sedeada em Madrid.

A entrega dos galardões aos vencedores irá decorrer a 23 de Janeiro e contará com a presença de uma comitiva portuguesa, bem como dos outros finalistas dos mais diversos países do mundo. 

A reserva alentejana Dark Sky permite aos visitantes contemplarem um céu sem poluição da iluminação artificial e urbana. O céu do Alqueva torna-se assim, propício à observação de estrelas, constelações e planetas. 
 
Em 2011, a reserva Dark Sky Alqueva – da qual fazem parte os Municípios de Portel, Reguengos de Monsaraz, Alandroal, Mourão, Moura e Barrancos – foi o primeiro destino em todo mundo a conquistar a distinção de reserva “Starligh” (especialmente dirigida a locais para observação das estrelas) atribuída pela UNESCO e pela Organização Mundial do Turismo. 
 
Este ano, a reserva foi ainda considerada como destino a visitar em 2014, pela revista National Geography

Notícia sugerida por Maria Manuela Mendes

 

Comentários

comentários

Pub

Aid Global

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório

Pub