Sociedade

Algarve premeia condutores exemplares

No Algarve, dezenas de condutores com cadastro isento de infrações receberam entradas para a prova Le Mans Series, a decorrer no Autódromo Internacional do Algarve. Durante uma operação Stop realizada de madrugada foram premiados os condutores que ap
Versão para impressão
No Algarve, dezenas de condutores com cadastro isento de infrações receberam entradas para a prova Le Mans Series, a decorrer no Autódromo Internacional do Algarve. Durante uma operação Stop realizada de madrugada foram premiados os condutores que apresentaram uma taxa zero de alcoolémia.

A operação montada pela GNR na autoestrada do Sul, uma das principais entradas do Algarve, premiou os condutores que, submetidos à habitual fiscalização, apresentaram um cadastro isento de infrações ao Código da Estrada, segundo o Diário IOL.

Para a maioria dos condutores contemplados com ingressos para a prova Le Mans Series, no sábado no AIA, a entrega de bilhetes pela GNR foi uma surpresa bem recebida.

“A iniciativa é boa, pois dá maior segurança e para os turistas fica uma imagem de um país preocupado com a segurança rodoviária”, observou Sérgio Pinoia, um dos condutores premiados, citado pelo IOL.

A fiscalização incidiu sobre centenas de condutores e foi preparada para coincidir com o início de férias para milhares de portugueses e com a concentração “motard” na cidade de Faro.

A ação, a segunda em 24 horas, decorreu no âmbito do protocolo estabelecido entre o Governo Civil de Faro e o autódromo algarvio e prevê a realização conjunta de campanhas de segurança e prevenção rodoviária.

Condutores sem álcool também são premiados

A primeira ação deste programa decorreu na madrugada de quinta-feira, quando dezenas de condutores que apresentaram taxa zero de álcool no sangue, durante uma operação “stop” na Praia da Rocha, em Portimão, receberam o mesmo prémio – entradas para o Le Mans.

A operação de prevenção rodoviária, montada pela PSP, começou pelas dez e meia de quarta-feira e prolongou-se pela madrugada, na zona mais turística.

João Carlos Silva foi o primeiro condutor contemplado com duas entradas para o autódromo. “Por norma não bebo quando vou conduzir, não com medo das autoridades mas para minha própria segurança”, disse à agência Lusa.

Na operação “stop” foram fiscalizados 297 condutores. Destes, 63 apresentaram isenção total de álcool e apenas dois tinham taxas acima do permitido por lei, um com 0,78 gramas por litro de sangue e outro com 1,03.

[Notícia sugerida por Raquel Baêta]

Comentários

comentários

Etiquetas

BN TV

O Boas Notícias está de volta!

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório