Ambiente

Alentejo poupa 80% de energia com semáforos LED

Cerca de 700 lâmpadas incandescentes instaladas em semáforos do Alto Alentejo vão ser, a partir deste mês, substituídas por LED, no intuito de diminuir o consumo de energia da região, assim como reduzir as emissões de CO2.
Versão para impressão
Cerca de 700 lâmpadas incandescentes instaladas em semáforos do Alto Alentejo vão ser, a partir deste mês, substituídas por LED, com o intuito de diminuir o consumo de energia da região, assim como reduzir as emissões de CO2. Estas lâmpadas consomem menos 80% de energia do que as tradicionais.

A iniciativa parte de um acordo entre a ARENATejo – Agência Regional de Energia e Ambiente do Norte Alentejano e Tejo, e a CIMAA – Comunidade Intermunicipal do Alto Alentejo.

De acordo com a ARENATejo, o projeto “SEMALEDs – Substituição das Lâmpadas Incandescentes das Óticas Semafóricas por LEDs” abrange os municípios de Alter do Chão, Arronches, Castelo de Vide, Gavião, Marvão, Monforte, Ponte de Sor, Portalegre e Sousel, num total de 26 semáforos com cerca de 700 focos de luz.

O conjunto de lâmpadas que vai ser substituído é responsável por um consumo anual de aproximadamente 150 mil kWh, correspondente a um gasto de cerca de 21 mil euros por ano.

O projeto “SEMALEDs” pretende intervir nos semáforos da região de atuação da AREANATejo com o objetivo de “avaliar o interesse económico, técnico e ambiental inerente à substituição das lâmpadas de incandescência por LEDs, que consomem menos 80% de energia, têm uma maior durabilidade e apresentam menores custos de operação e manutenção”, refere a ARENATEjo em comunicado.

As instalações deverão estar terminadas no fim de Maio, num projeto cujo investimento é de 75 mil euros.

[Notícia sugerida por Vítor Fernandes e Tiago Gaspar Sampaio]

Comentários

comentários

Pub

Aid Global

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório

Pub