Negócios e Empreendorismo

Alentejo: Empresas de Mora expandem negócio

NULL
Versão para impressão

A Arquiled e a Medirm – duas empresas portuguesas sedeadas em Mora, Alentejo – expandiram este ano os seus negócios num investimento global de 4,5 milhões de euros. Luís Simão, autarca do concelho, considera este investimento “extremamente positivo”.

Após um investimento de dois milhões de euros, a Arquiled, empresa produtora de iluminação com tecnologia LED, concluiu a sua expansão em Mora, tendo aumentado a área de produção para 1.200 metros quadrados.

A expansão permitiu criar novos postos de trabalho, uma vez que a empresa introduziu uma linha de robótica e novas linhas manuais de assemblamento de componentes eletrónicos.

Segundo o diretor geral da empresa, Rafael Santos, está também em curso um projeto de internacionalização para os EUA e para o Brasil.

No que diz respeito à Medirm, empresa produtora e exportadora de dispositivos médicos, está a construir um novo laboratório e um centro de esterilização, que devem estar operacionais “no início do próximo ano”, após investir cerca de 2,5 milhões de euros.

Investimentos dão esperança ao concelho

A propósito das obras de expansão das duas empresas o autarca do município afirmou que estes investimentos “dão esperança” num concelho que, “desde há vários anos, está a perder população”.

“Podemos ter aqui mais uma porta para tentar inverter essa situação e fixar população, atraindo mais jovens”, disse Luís Simão em declarações à Lusa.

“Naturalmente, vimos isto com muita satisfação, num país em que, todos os dias, fecham dezenas, senão centenas, de empresas”, sublinhou o autarca à agência Lusa.

“As empresas que estão no concelho de Mora estão de boa saúde, apesar da crise, e a prova disso é que estão a ampliar as suas instalações e a admitir mais funcionários”, salientou o autarca Luís Simão.

Comentários

comentários

BN TV

O Boas Notícias está de volta!

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório