Ciência

Ajudar a cuidar da casa torna homens mais felizes

Participar nas tarefas domésticas e dividi-las com a mulher torna os homens mais felizes, aumentando o bem-estar e gerando um maior equilíbrio nas suas vidas. A conclusão é de um estudo da Universidade de Cambridge.
Versão para impressão
Participar nas tarefas domésticas e dividi-las com a mulher torna os homens mais felizes, aumentando o bem-estar e gerando um maior equilíbrio nas suas vidas. A conclusão é de um estudo da Universidade de Cambridge, que mostra que, quando o ato de cuidar da casa é partilhado, as discussões diminuem e a felicidade no lar aumenta.
 
A equipa envolvida na investigação, coordenada pela socióloga Jacqueline Scott que publicou um livro sobre este e outros temas do género, admitiu que esperava encontrar maiores conflitos e mal-estar nos casos em que os homens ajudavam nas lides domésticas. Porém, o que encontraram foi exatamente o oposto.
 
“Este facto pode dever-se à defesa da igualdade por parte dos homens, o que o faz sentir desconfortáveis se for a mulher a fazer a maioria do trabalho, inclusive porque as mulheres se têm tornado cada vez mais assertivas e mostrado maior insatisfação perante a preguiça dos parceiros”, explicam os autores.
 
O estudo sugere, portanto, que os maridos e namorados se sentem culpados quando a parceria tem a seu cargo todo o trabalho doméstico, o que causa lhes causa incómodo e afeta o bem-estar geral. 
 
“Ao contrário do que podíamos esperar, são os homens e não as mulheres que mais beneficiam de uma divisão menos tradicional do trabalho doméstico”, acrescenta Scott e os colegas. 
 
Os resultados afastam-se, assim, dos da maioria dos estudos semelhantes, que, no geral, apontam que, apesar do avanço das mulheres em termos de educação e carreira, os homens continuam a permitir que as esposas e companheiras mantenham a seu cargo grande parte do trabalho doméstico.
 
O estudo desenvolvido pela Universidade de Cambridge baseou-se nos resultados do Estudo Social Europeu, um inquérito financiado por Bruxelas que engloba cerca de 30.000 pessoas em 34 países diferentes e que pergunta aos homens quanto tempo despendem com tarefas como cozinhar, limpar, fazer compras e cuidar da casa. 
 

Comentários

comentários

BN TV

O Boas Notícias está de volta!

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório