Saúde

Água da torneira em Portugal é de excelente qualidade

NULL
Versão para impressão
 A água para consumo humano em Portugal é de excelente qualidade. A conclusão é da Entidade Reguladora dos Serviços de Águas e Resíduos que publicou, esta sexta-feira, o relatório anual sobre o “Controlo da Qualidade da Água para Consumo Humano”.
 
A qualidade da água para o consumo humano em Portugal continua a apresentar “consistentemente uma excelente qualidade”, aponta o relatório referente ao ano de 2010, da Entidade Reguladora dos Serviços de Águas e Resíduos(ERSAR).
 
Segundo o documento, a água da torneira assinalou uma “percentagem de cumprimento dos valores paramétricos na torneira do consumidor de praticamente 98%”. A ERSAR sublinha que esta “é uma evolução muito positiva que se tem verificado nos últimos anos”.
 
Segundo a ERSAR, as melhorias verificadas são ainda mais relevantes, já que o controlo de qualidade é mais exigente.
 
Esta exigência tem vindo a desenvolver-se no que diz respeito à implementação de legislação dos diversos atores envolvidos – ERSAR, entidades gestoras, autoridades de saúde e laboratórios de análises.
 
Qualidade tem vindo a crescer

 
De acordo com a ERSAR, nos últimos dezassete anos a percentagem de água controlada e de boa qualidade tem vindo a crescer “de uma forma contínua”.
 
Em 2010, 97,71 por cento da água é de boa qualidade, o que difere, por exemplo, dos valores da década dos anos 90, em que apenas 50 por cento da água era analisada e controlada pela ERSAR.
  
Portugal tem uma percentagem elevada de “cumprimento dos valores paramétricos”, fator que coloca o nosso país ao nível de outros países da Europa Ocidental.
 
A entidade reguladora salienta que os 2 por cento de incumprimento dos valores paramétricos da água são “as bactérias coliformes, a Escherichia coli, os enterococos, o pH, o ferro, o manganês e o arsénio”. 

Os incumprimentos são detetados sobretudo em localidades do interior – onde se registam carências de recursos humanos, técnicos e financeiros – em zonas de abastecimento que servem menos de cinco mil habitantes. 

Para estas situações, a ERSAR “possui um sistema de acompanhamento dos incumprimentos dos valores paramétricos que permite um conhecimento num período máximo de 24 horas”, após a ocorrência, o que, por si só, facilita a resolução.

Clique AQUI para aceder ao site da ERSAR.

[Notícia sugerida por Vítor Fernandes]

Comentários

comentários

Etiquetas

BN TV

O Boas Notícias está de volta!

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório