Ambiente

Afluentes do Douro repovoados com trutas

A Câmara Municipal de Baião vai proceder à repovoação de trutas nos rios Ovil e Teixeira, afluentes do Rio Douro, com o apoio de técnicos da Direcção Geral de Florestas com o objetivo de trazer mais vida a estes rios praticamente selvagens.

Versão para impressão
A Câmara Municipal de Baião vai proceder à repovoação de trutas nos rios Ovil e Teixeira, afluentes do Rio Douro, com o apoio de técnicos da Direcção Geral de Florestas com o objetivo de trazer mais vida a estes rios praticamente selvagens.

De acordo com comunicado da CM de Baião, vão ser instalados nas águas fluviais recipientes com óvulos de truta fario, ou truta do rio. Espera que ao fim de poucos dias os milhares de óvulos deverão eclodir e soltar naqueles cursos de água milhares de novos habitantes para os rios.

Vão participar nesta iniciativa representantes de autarquias de freguesia, crianças em idade escolar, associações de Caçadores e Pescadores do concelho e ainda associações ambientais do concelho.

Segundo a mesma fonte, “esta medida insere-se na política geral de preservação ambiental de Baião, o concelho com maior percentagem de áreas verdes em todo o distrito do Porto: cerca de 63 por cento do território total”.

Comentários

comentários

Pub

Aid Global

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório

Pub