Mundo

Afeganistão: Libertados jornalistas franceses

NULL
Versão para impressão

Hervé Ghesquière e Stéphane Taponier, dois jornalistas franceses chegaram hoje a Paris depois de terem sido libertados ontem, dia 30 de Junho. Ambos estavam a trabalhar para a estação televisiva France 3 quando foram raptados a 30 de dezembro de 2009 por rebeldes taliban, no Afeganistão.

O Presidente francês Nicolas Sarkozy confirmou ontem a libertação dos dois repórteres franceses, e não deixou de agradeceu ao homólogo afegão, Hamid Karzai, a forma como lidou com a situação dos reféns, segundo a AFP.

Depois 18 meses de cativeiro, os dois repórteres foram libertados, juntamente com o seu intérprete, Reza Din, seguindo para a base militar de Tagab na província afegã de Kapisa.

“Estarei lá para os acolher”, disse a mulher de Hervé Ghesquière, Béatrice Coulon, à AFP. Por seu lado, o irmão de Stéphane Taponier ao receber a notícia da agência francesa, nada mais proferiu a não ser: “Estou em choque, mal consigo falar”.

Os dois repórteres franceses tinham experiência de trabalho em diversas zonas de conflito e o facto de terem sido raptados no Afeganistão gerou uma forte indignação e mobilização em França, tendo sido criados comités de apoio e difundidas através dos órgãos de informação mensagens de apelo à libertação.

 

Comentários

comentários

BN TV

O Boas Notícias está de volta!

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório