Saúde

Açoriana lidera investigação pioneira sobre o cancro

NULL
Versão para impressão

Uma investigação pioneira para travar o alastramento do cancro da próstata aos ossos está a ser liderada pela açoriana Margarida Bernardo, investigadora no Instituto de Cancro Barbara Ann Karmanos, nos EUA. Este método em investigação permite prolongar a vida dos pacientes.

Margarida Bernardo, docente no Departamento de Patologia da Faculdade de Medicina da Wayne State University, em Detroit, Michigan (EUA), lidera a equipa de investigação científica que está estudar em detalhe o papel do gene supressor de tumor na inibição das metástases do cancro da próstata nos ossos, avançou o portal de informação online açoriano Expresso das Nove.

O gene supressor de tumores, “maspin”, que foi descoberto em 1994, inibe a invasão das células do tumor e bloqueia a interação entre as células tumorais da próstata com os ossos, que é uma zona comum para o surgimento de metástases.

A investigação da açoriana revelou que o “maspin” não só torna as células cancerígenas dormentes, como permite que estas permaneçam sensíveis aos medicamentos quimioterapêuticos.

“Com o 'maspin' poderemos manter as células tumorais metastáticas num estado dormente”, referiu Shijie Sheng, colega de Margarida Bernardo e professor no Departamento de Patologia do Instituto Karmanos e da Faculdade de Medicina da Wayne State University.

[Notícia sugerida por Raquel Baêta]

Comentários

comentários

BN TV

O Boas Notícias está de volta!

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório