Ciência

Açores vão participar no estudo da atmosfera

O arquipélago dos Açores vai fazer parte da Rede Internacional de Radares para o Estudo da Atmosfera Superior da Terra, projeto que arrancou em 1993.
Versão para impressão
O arquipélago dos Açores vai fazer parte da Rede Internacional de Radares para o Estudo da Atmosfera Superior da Terra, um projeto que arrancou em 1993 e já possui mais de 20 radares por todo o mundo.
 
A informação foi avançada à Lusa esta terça-feira por fonte do Governo Regional. De acordo com os dados disponíveis, a participação das ilhas portuguesas deverá passar pela instalação de um ou dois radares.
 
Esta rede internacional, batizada Super Dual Auroral Radar Network e também conhecida por Superdarn Project, tem como objetivo a monitorização das regiões polares da Terra, sendo responsável por medir a posição e velocidade das partículas existentes na ionosfera, situada entre os 60 e os 1.000 quilómetros de altitude.
 
Neste âmbito, os Açores recebem esta quarta-feira dois dos principais coordenadores da iniciativa, Simon Shepard e Mike Ruohoniemi, que viajarão até Ponta Delgada para uma reunião com o executivo regional com vista a analisar a participação do arquipélago nos trabalhos.
 
Os radares encontram-se distribuídos pelos hemisférios norte e sul, em locais tão díspares como o Alasca, a Antártida ou o Japão, entre vários outros. O Superdarn Project envolve cientistas de vários países do mundo, nomeadamente dos EUA, Inglaterra, Japão e Nova Zelândia.
 
Clique AQUI para visitar o site do projeto (em inglês).
 
[Notícia sugerida por Vítor Fernandes e Elsa Martins]

Comentários

comentários

BN TV

O Boas Notícias está de volta!

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório