Fitness & Bem-estar

Açores recebe prova mundial de saltos para a água

A terceira etapa do circuito mundial do Red Bull Cliff Diving World Series arranca esta sexta-feira no ilhéu de Vila Franca do Campo, na ilha de São Miguel. A prova dura até sábado, dia em que se disputa a final entre os oito melhores atletas.
Versão para impressão
A terceira etapa do circuito mundial do Red Bull Cliff Diving World Series arranca esta sexta-feira no ilhéu de Vila Franca do Campo, na ilha de São Miguel. A prova dura até sábado, dia em que se disputa a final entre os oito melhores atletas.
 
Este é já o segundo ano consecutivo que os Açores recebem a competição, no entanto, esta vai ser a primeira vez que os atletas saltam diretamente das rochas, numa alusão à história da modalidade, nascida há mais de 200 anos no Havai.
 
Depois do salto de dificuldade obrigatória das rochas, os restantes saltos são feitos a partir da plataforma montada sobre o Oceano, a 27 metros de altura, na presença de um júri internacional composto por cinco elementos.
 
Para já, as atenções estão centradas no russo Artem Silchenko, que venceu a prova açoriana no ano passado e que está a fazer uma época irrepreensível, com duas vitórias nas duas etapas já realizadas (França e Dinamarca).
 
Depois de Portugal, seguem-se as provas em Itália, Estados Unidos da América, Reino Unido, Brasil e Tailândia de um circuito mundial que arrancou em maio e termina em Outubro.
 
Aos 10 atletas fixos que fazem todo o circuito mundial (Artem Silchenko, Gary Hunt, Orlando Duque, Blake Aldriage, Jonathan Paredes, Michal Navratil e David Colturi) juntam-se quatro 'wildcards' (participações por convite) – os norte-americanos Kent De Mond e Andy Jones, o mexicano Jorge Ferzuli e o colombiano Eber Pava.
 

Comentários

comentários

Pub

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório

Pub