Ambiente

Açores: Projeto quer tornar Graciosa livre de CO2

NULL
Versão para impressão
Uma empresa alemã, com a parceria do Governo dos Açores, vai arrancar com um projeto que pretende tornar a ilha Graciosa livre de energias não renováveis. Em 2012, as energias solar e eólica representarão 80% dos recursos energéticos da ilha.

O projeto foi lançado pela empresa alemã “Younicos” que desenvolve sistemas de armazenamento e soluções em rede para providenciar eletricidade segura, estável e eficiente nos custos através de energia regenerativa.

Citado pelo jornal Expresso das Nove, José Vieira, diretor regional da Energia, mostra-se satisfeito. “A Younicos, entre muitas ilhas existentes a nível mundial, escolheu a Graciosa cuja dimensão e condições naturais satisfaziam as necessidades daquela empresa para o desenvolvimento, teste e lançamento da nova tecnologia a implementar”.

Os seus 4500 habitantes vão usar exclusivamente energias renováveis, solares e eólicas. A companhia, sedeada em Berlim, pretende também implementar um sistema de armazenamento em baterias de sódio e enxofre de um megawatt, o acumulador durável mais potente e de mais longa duração do mundo.

Segundo o canal Euronews, em 2012, a ilha já deverá ser alimentada, em 80 por cento, pelo vento e por plataformas solares e apenas em 20 por cento, por combustível fóssil. Estes 20 por cento serão substituídos, mais tarde, pela biomassa.

O sucesso deste projeto poderá depois ser implementado em muitas ilhas a nível mundial, sempre associado ao nome da Graciosa.

[Notícia sugerida por Patrícia Ramos]

Comentários

comentários

BN TV

O Boas Notícias está de volta!

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório