Ambiente

Açores: 32% da energia elétrica é renovável

NULL
Versão para impressão
A produção elétrica da açoriana EDA com recurso a fontes renováveis aumentou 15% no primeiro semestre deste ano, face ao mesmo período de 2010. Esta energia representa, assim, cerca de um terço da eletricidade da rede dos Açores, da qual a maioria é gerada por fontes geotermais, avança a empresa que divulgou recentemente os seus dados.

Até junho deste ano, a produção de energia elétrica da EDA ascendeu aos 408.161 MWh, sendo que 32,2% é de origem renovável, 67,8% de origem térmica, 59,5% foi obtida de produção a fuel e 8,3% de produção a gasóleo.

Os dados da empresa, enviados ao Boas Notícias, indicam que a produção de energia geotérmica teve um crescimento de 23,1% em comparação com igual período do ano anterior, representando 23,3% da produção total da EDA e 43,9% da ilha de São Miguel, a única ilha da região onde esta existe.

Os Açores têm, na ilha de S. Miguel, as únicas centrais de produção elétrica do país com base na utilização de fluidos geotérmicos captados em profundidade. Esta fonte de energia é obtida a partir do calor proveniente do interior da Terra.

O aumento do volume de energia renovável lançada na rede regional na primeira metade do ano implicou uma redução na produção com recurso a centrais térmicas clássicas de 295.656 para 276.768 MWh.

O Governo dos Açores pretende que o aproveitamento de recursos renováveis permita garantir 75% da produção de electricidade no arquipélago dentro de sete anos.

Nesse sentido, a EDA tem em execução um plano que prevê que as fontes renováveis representem cerca de 50% da produção de energia em 2014.

Nos próximos quatro anos, a elétrica regional tem previsto investimentos nesta área que ascendem a cerca de 100 milhões de euros.

[Notícia sugerida por Ana Costa]

Comentários

comentários

BN TV

O Boas Notícias está de volta!

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório