Saúde

Ação nacional promove formação sobre Diabetes

NULL
Versão para impressão
Assinala-se esta segunda-feira o Dia Mundial da Diabetes e, neste âmbito, será promovida uma ação a nível nacional com o objetivo de combater o desconhecimento, as ideias preconcebidas e os mitos e de aumentar a informação dos portugueses em relação à doença.

“Vamos dar a volta à Diabetes” é o nome da iniciativa desenvolvida pela Lilly Portugal e pela Associação Protetora dos Diabéticos de Portugal (APDP), com o apoio da Sociedade Portuguesa de Diabetologia.

“Investir em prevenção é menos dispendioso do que a gestão e o tratamento da doença. Além disso, a prevenção evita o sofrimento e promove a qualidade de vida das pessoas”, explicou o presidente da APDP em comunicado.

Luís Gardete salientou “a importância da formação da população sobre a diabetes”, que desempenha um papel indispensável na inversão da tendência de crescimento do problema.

A iniciativa vai concretizar-se com recurso a uma unidade móvel de saúde que irá passar por várias cidades do país, entre as quais Lisboa, Leiria, Viseu, Porto, Évora e Santarém, até dia 19 de Novembro. A capital será a primeira a receber esta unidade, que estará hoje, 14 de Novembro, na Praça da Figueira.

Para esclarecer e ajudar as pessoas a entender a diabetes, esta unidade móvel apresentará conteúdos interativos simples e didáticos que permitirão a cada um testar os seus conhecimentos sobre a doença, conhecer melhor a sua condição física e histórico clínico e aceder, no final, a dicas e sugestões para um estilo de vida saudável.

Além disso, um profissional de saúde da APDP estará sempre presente para responder às questões dos visitantes.

O projeto “Vamos Dar a Volta à Diabetes” vai ao encontro dos objetivos definidos para este ano pela Federação Internacional da Diabetes,  que considera fundamental que as pessoas saibam o que é a doença, quais os riscos associados e como prevenir ou controlar a doença, atrasando as suas complicações.

A Diabetes é uma doença crónica que tem graves implicações a nível cardiovascular e é a principal causa de insuficiência renal, de amputações e de cegueira, sendo a quarta principal causa de morte na maior parte dos países desenvolvidos.

Clique AQUI para visitar o site oficial da iniciativa.

Comentários

comentários

BN TV

O Boas Notícias está de volta!

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório