Sociedade

Abriu a primeira pastelaria low cost portuguesa

NULL
Versão para impressão
Depois das viagens low cost, chegou a vez de comida a baixo preço. A ideia surgiu numa pastelaria de Oliveira de Azeméis, em Aveiro, e vai vender pão, bolos e refeições a preços mais baixos para ajudar as pessoas a fazerem frente à crise.

Quem se deslocar à pastelaria Low-Costa.Come vai poder beber um café com 40 cêntimos e comer uma sopa por apenas 0,50€. Mas os descontos não se ficam por aqui. Todos os bolos à venda neste espaço, recentemente remodelado, custam 40 cêntimos, e os bolos de aniversário são todos a 5,99€, sem serem sequer pesados.

O estabelecimento abriu as portas esta quinta-feira, dia 22 de setembro, às 06h30 e é a primeira e única pastelaria low cost do país. Mas desengane-se quem pensa que a qualidade dos produtos é inferior. À frente do projeto esteve o professor Paulo Costa que dava aulas naquele estabelecimento no Curso de Educação e Formação em Pastelaria e Panificação.

Assim, da parte da tarde, o professor dá aulas aos alunos da E.S. Ferreira de Castro, no mesmo local.

O funcionamento da pastelaria distingue-se também dos estabelecimentos comuns. Para poupar nos recursos humanos não existe serviço de mesa e, por isso, são os clientes que devem levantar e entregar os produtos no balcão.

O serviço será de pré-pagamento e self-service, como se pode ler no site da Low-Costa.Come. Além disso, como a loja e os equipamentos se encontram pagos, o estabelecimento não tem encargos elevados, o que lhe permite a redução dos preços.

Poupar ao máximo

“A ideia é poupar ao máximo. Portanto, os copos e pratos serão de papel, para não termos que contratar gente para lavar louça. E também serão os clientes a levar as suas próprias coisas para a mesa para evitar a necessidade de empregados”, disse o proprietário à Lusa.

Na cozinha é o próprio professor Paulo Costa que trata da confeção dos produtos. Para comemorar a abertura da loja estão dispersos pelas ruas de Oliveira de Azeméis flyers que podem ser trocados por uma das 5000 natas que vão ser dadas, na 5ª feira, 6ª feira e Sábado e 2ª feira.

Paulo Costa acredita no sucesso da loja. “Em tempos de crise, não é coisa pouca comprar bolos a metade do preço que eles custam noutros sítios”.

Para aceder ao site da pastelaria clique aqui.

[Notícia sugerida por Vítor Fernandes]  

Comentários

comentários

BN TV

O Boas Notícias está de volta!

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório