Emprego e Poupança

ABC da Poupança: Gás

Como sabe há coisas que dependem de si para transformar 2012 num ano bom e feliz, e hoje, especialmente, é um dia auspicioso: dia 6, dia de reis! Será que podemos viver como "reis" mantendo um perfil de baixo consumo?
Versão para impressão

[Por Ana Bravo, especialista em Economia Doméstica]

Image and video hosting by TinyPic Antes de mais deixem-me renovar os votos de bom ano! Como sabe há coisas que dependem de si para transformar 2012 num ano bom e feliz, e hoje, especialmente, é um dia auspicioso: dia 6, dia de Reis! Será que podemos viver como “reis” mantendo um perfil de baixo consumo?

Podemos pelo menos tentar viver melhor gastando (muito) menos… E hoje vamos ver como fazê-lo relativamente ao Gás!
 

• Use a panela de pressão pois demora muito menos tempo a aquecer e cozinha os alimentos mais depressa;
• Coloque apenas a água necessária nos tachos, quanto mais os enche mais demora a aquecer e consequentemente mais gás gasta;
• Quando as panelas estiverem a ferver baixe o lume; uma chama enorme não aumenta a temperatura nem acelera a confeção;
• Cozinhe sempre com as tampas nas panelas, evitando desta forma que o calor se evapore e por isso demore mais a cozinhar;
• Use o bico de fogão em tamanho adequado ao fundo do tacho que utiliza e nunca maior;
• Certifique-se que as chamas estão sempre azuis e uniformes, caso não estejam e mostrem cor amarela ou alaranjada, pode significar obstrução nas passagens de ar ou mesmo do gás: o gás pode não estar a passar mas está na mesma a ser queimado e nesse caso a ser desperdiçado;
• Desligue a boca do fogão alguns minutos antes, o calor acumulado é suficiente para terminar a confecção dos alimentos;
• Não deixe a torneira a correr desnecessariamente, está a gastar água e gás desnecessariamente;
• Desligue o esquentador ou a caldeira se vai estar ausente durante longos periodos, por exemplo quando sai de casa de manhã e à noite quando se vai deitar;
• No Verão, diminua a temperatura da água no esquentador ou caldeira;
• Reduza o tempo que demora a tomar o duche e prefira-o a banhos de imersão;
• Reduza a temperatura nas máquinas de lavar loiça e roupa, quanto mais elevadas mais tempo e gás vai precisar para aquecer;
• Se tiver máquina de secar a gás opte por fazer várias secagens de seguida. Assim ao reduzir o número de vezes que aquece a máquina e faz a secagem, irá minimizar a perda de calor e reduzir o consumo de gás;
• Escolha secar a roupa ao ar livre em vez de usar a máquina de secar;
• É importante calafetar portas e janelas de forma a evitar o uso de sistemas de aquecimento ou refrigeração;
• Se puder optar pelo sistema de aquecimento central, prefira as caldeiras a gás natural ou ar condicionado central;
• Se mantém o AC ligado na sua ausência, programe-o então para reduzir a temperatura quando a casa está vazia…

Estas dicas são algumas das coisas que podem começar a fazer já para reduzir as suas faturas do gás e aumentar um dos mais importantes músculos: o da Poupança!

Voltamos a falar no próximo mês…e até lá dê (menos) gás à sua vida!

[Ana Bravo é consultora de crédito bancário e sócia-gerente da RP Créditos e RP Formação. Para saber mais sobre os serviços, cursos e workshops desta empresa de consultoria e educação financeira clique aqui]

Comentários

comentários

BN TV

O Boas Notícias está de volta!

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório