Literatura

“A empregada de Cavaco” na imprensa espanhola

O livro "D. Maria, a empregada de Cavaco", da autoria do escritor António Ribeiro (pseudónimo), esteve em destaque no jornais espanhóis El Mundo e ABC, no final do mês de Abril.
Versão para impressão

O livro “D. Maria, a empregada de Cavaco”, da autoria do escritor António Ribeiro (pseudónimo), esteve em destaque no jornais espanhóis El Mundo e ABC, no final do mês de Abril.

No artigo do ABC,  a jornalista Virginia López elogia a maneira como o autor veste a pele de uma empregada de Cavaco Silva para, nas entrelinhas, dizer tudo o que escapa à fiel funcionaária que considera o presidente “mais bonito do que o George Clooney”.

A reforma do presidente (de “apenas 10.000 euros e que não dá para os gastos), a aprovação do casamento entre homossexuais e o FMI são alguns dos momentos da presidência abordados com “ironia” nas páginas deste livro, diz o ABC.

Também o jornal El Mundo considera que o livro “reúne de forma humorística as anedotas e as polémicas mais famosas dos últimos seis anos da presidência portuguesa”.

O autor faz este relato “através de uma divertida personagem imaginária, Dona Maria, uma funcionária que trabalha desde os anos 40 no Palácio de Belém a limpar e a cozinhar”, explica a correspondente do El Mundo, Belén Rodrigo.

A obra, editada pela Esfera dos Livros, já  vai na segunda edição com 12 mil exemplares vendidos em apenas duas semanas. O anterior livro de António ribeiro, O Cão de Sócrates, retratava a vida do animal de estimação do ex-primeiro-ministro e esgotou logo na primeira semana em que chegou as bancas.

Comentários

comentários

Pub

Aid Global

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório

Pub