Sociedade

700 milhões para reabilitar Baixa Pombalina

A Câmara de Lisboa abriu esta semana o período de discussão pública do plano de pormenor de salvaguarda da baixa pombalina, que está orçado em mais de 700 milhões de euros.
Versão para impressão
A Câmara de Lisboa abriu esta semana o período de discussão pública do plano de pormenor de salvaguarda da baixa pombalina, que está orçado em mais de 700 milhões de euros.

O investimento com realização prevista entre o ano de 2010 e 2020 tem como custo de reabilitação de imóveis cerca de 653 milhões de euros, já o espaço público terá um investimento de reabilitação na ordem dos 64 milhões de euros.

No campo do espaço público estão inseridas a rua da Prata, a praça a ser criada junto à Boa Hora.

Contemplada está ainda a instalação de um escola e uma creche apesar de a sua localização ainda não estar definida devido à dificuldade de enquadramento no espaço pombalino.

O plano de salvaguarda da Baixa Pombalina tem três unidades de execução, compostas pelo acesso assistido ao Castelo pela Rua dos Fanqueiros e Rua da Madalena, o Museu da Moda e do Design (Mude), os terraços do Carmo e a Frente Ribeirinha.

Foram eleitos dois quarteirões piloto, situados na Rua do Crucifixo, Rua do Ouro, Rua da Vitória, Rua da Assunção e Rua dos Sapateiros.

Comentários

comentários

BN TV

O Boas Notícias está de volta!

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório