Ambiente

70 cães de laboratório postos em liberdade

NULL
Versão para impressão
Mais de 70 cães da raça beagle, que nunca tinham visto a luz do dia, foram libertados este Verão de um laboratório de pesquisa farmacêutica, em Espanha. Alguns dos cães foram encaminhados para os Estados Unidos e estão agora disponível para adopção.

Esta foi a maior missão de resgate de um grupo norte-americano de defesa dos animais, que registou em vídeo o momento comovente em que alguns dos cães foram libertados.

Um porta-voz da Animal Rescue Media Education (ARME), Gary Smith, afirmou que os animais, com idades compreendidas entre os quatro e os sete anos, viveram em jaulas individuais toda a sua vida e, apesar de existirem cerca de 10 animais por sala,  nunca interagiam entre eles.

No seu site, a ARME explica que esta raça de cães é especialmente preferida pelos laboratórios para testar produtos médicos, de produtos de limpeza doméstica e de beleza.

No total, 72 cães foram resgatados, sendo que cerca de 30 foram adotados ainda em território europeu, segundo informação avançada pela NBC. Os restantes viajaram até Los Angeles (Estados Unidos) onde, esta semana, foram postos para adoção.

No vídeo divulgado pela ARME pode ver-se imagens dos cães a experimentar pela primeira vez a vida no exterior, estranhando a luz do dia e hesitando em pôr as patas sobre a relva, ainda que em pouco tempo se tenham habituado à nova liberdade.

Para aceder a uma lista da PETA de empresas que não fazem testes em animais clique AQUI. A maior parte das empresas são norte-americanas mas muitas comercializam os seus produtos em Portugal.

Clique AQUI para aceder à página da ARME dedicada à libertação de Beagles.

[Notícia sugerida por Cláudia Arsénio]

Comentários

comentários

BN TV

O Boas Notícias está de volta!

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório