Cultura

50 projetos artísticos recebem 800 mil euros

Na sequência do anúncio dos resultados dos concursos de Apoios Directos - Projectos Pontuais da Direcção Geral das Artes (DGA), nesta quarta-feira, vão ser distribuídos 800 mil euros por 50 projetos artísticos de todo o país.
Versão para impressão
Na sequência do anúncio dos resultados dos concursos de Apoios Directos – Projectos Pontuais da Direcção Geral das Artes (DGA), nesta quarta-feira, vão ser distribuídos 800 mil euros por 50 projetos artísticos de todo o país.

Segundo os dados da DGA, a região de Lisboa e Vale do Tejo é a que regista mais projetos apoiados (500 mil euros para 31 projetos de 178 candidaturas recebidas), seguindo-se a região Norte (195 mil euros para 10 projetos de 91 candidaturas recebidas), a região Centro (40 mil euros para quatro projetos eleitos entre 39 candidaturas), o Alentejo (35 mil euros para três projetos seleccionados entre 15 candidaturas), e o Algarve (30 mil euros para dois projetos de 11 candidaturas).

A distribuição dos apoios – que podem ser de cinco mil a 30 mil euros por projeto – teve em consideração oito áreas artísticas distintas.

O teatro foi a área com mais apoios (190 mil euros para 13 projetos), a par com os cruzamentos disciplinares (190 mil euros para nove projetos). Seguem-se a música (135 mil euros para nove projetos), as artes plásticas (130 mil euros para nove projetos), a dança (75 mil euros para seis projetos), a arquitetura (50 mil euros para dois projetos) e as artes digitais (30 mil euros para dois projetos).

A divulgação dos resultados – que podem ser consultados no site oficial da DGA – sofreu alguns atrasos, já que “a DGA, em concreto, tem estado impedida de contratualizar os apoios, aguardando pela entrada em vigor do Decreto-lei de Execução Orçamental, que entretanto foi publicado na passada sexta-feira [18 de junho]. Este serviço está agora em condições de dar seguimento aos resultados dos concursos”, refere o Ministério da Cultura em comunicado.

O anúncio destes apoios surge numa altura de forte contestação por parte dos artistas, face aos cortes orçamentais de 10% anunciados pelo ministério encabeçado por Gabriela Canavilhas, sobre os quais a tutela anunciou também, esta semana, que terão efeito só no segundo semestre de 2010.

Comentários

comentários

BN TV

O Boas Notícias está de volta!

Live Facebook

Correio do Leitor

Subscreva a nossa Newsletter!

Receba notícias atualizadas no seu email!
* obrigatório